quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Porque sempre escolho a poesia, o amor, o sonho.

É para colher depois realidade bonita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário